Segunda, 22 Outubro 2018 16:07

Servidores participam de curso sobre inovação na Administração Pública

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 

 

A importância da inovação no setor público e os caminhos para alcançá-la foram enfatizados.

 

Assessoria AGGEMT

 

 

 

Em busca de aprendizado sobre como a inovação no setor público pode solucionar os problemas enfrentados pelo Estado de Mato Grosso, servidores da carreira de Gestor Governamental, que atuam no Poder Executivo, participaram, na última sexta-feira (19), da palestra “Inovação na Administração Pública”.

 

A palestra foi ministrada pelo especialista em políticas públicas e gestão governamental e doutor em Ciência Política, Pedro Cavalcante, e integra a programação do 1º Seminário de Políticas Públicas e Gestão Governamental, promovido pela Associação de Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT), com o objetivo de capacitar os servidores da carreira para atuar em diversas áreas do setor público.

 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam e apesar do alto nível de burocracia e complexidade, Pedro Cavalcante afirma que é possível, sim, inovar no setor público: “Não só é possível, como vem acontecendo com muita intensidade. Se compararmos o que é a administração pública hoje e o que era há 20 ou 30 anos, muita coisa mudou e isso foi possível em função das práticas inovadoras incorporadas, tanto nos serviços quanto nos processos internos das organizações”, diz.

 

Segundo ele, a criação da cultura de inovação nas organizações públicas deve se sustentar em nove componentes: equipes interdisciplinares, espaço de criatividade (experimentalismo), liderança, incentivos, eventos de aprendizagem, avaliação de resultados, prototipagem e projeto piloto, gestão do conhecimento, cocriação e coprodução.

 

Contudo, Pedro Cavalcante faz um alerta: “Inovar tem um custo, precisa-se investir em recursos humanos e financeiros para que haja inovação, tanto que os países que mais disponibilizam recursos para essa área são os que mais inovam”.

 

Rita de Cássia Volpato, gestora governamental e diretora de estudos e pesquisas da AGGEMT, destacou a importância do tema. "Penso que  o setor público de Mato Grosso deve entrar na onda da inovação. Precisamos investir em capacitação, conhecer melhor as experiências e aplicar no governo de forma sistematizada. Destacaria dois momentos da fala do professor. O primeiro é que não basta ter uma boa ideia, é preciso agir e trabalhar duro para fazer a inovação acontecer. E o segundo ponto foi o relato de que pesquisas no Brasil e no exterior têm mostrado que grandes reformas administrativas costumam não trazer grandes melhorias, pois, até uma reforma ser consolidada, já se passou metade do governo, e ainda se corre o risco de não dar certo. Então, o melhor é fazermos diversas mudanças incrementais e pontuais".

 

Maricilda do Nascimento Farias, gestora governamental que atua na MT Participações (MT PAR), considerou o curso positivo. “A melhoria do serviço público é uma demanda permanente da sociedade e isso passa necessariamente pela inovação, por isso o tema é extremamente importante para nós, gestores governamentais. Acredito que o nosso maior desafio agora seja encontrarmos formas de escalonar e institucionalizar a inovação no serviço público”, frisou.

 

Capacitação contínua

 

Até o momento, a Associação de Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) já realizou nove de um total de doze cursos que serão promovidos neste ano. Os próximos cursos abordarão os temas “Financiamento de Políticas Públicas” (26/10), “Gestão de Políticas de Saúde” (09/11), “Reforma Tributária no Brasil” e “Finanças Públicas em Mato Grosso” (30/11).

 

 

 

 

 

 

 

Ler 28 vezes Última modificação em Segunda, 29 Outubro 2018 13:14

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: