Segunda, 12 Novembro 2018 11:36

Servidores do Executivo discutem Gestão de Políticas de Saúde

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Curso de capacitação abordou os temas“Políticas, Planejamento e Gestão e Saúde” e “SUS: Direito à Saúde em tempos de crise”.  

 

RENATA NEVES

Assessoria AGGEMT

 

 

Servidores da carreira de Gestor Governamental participaram, na última sexta-feira (09), de curso de capacitação sobre “Gestão de Políticas de Saúde”. Este foi o 11º curso promovido pela Associação dos Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) aos seus associados, com o objetivo de capacitá-los para atuarem em diferentes áreas do Poder Executivo Estadual.

 

Na primeira palestra do dia, o professor doutor em Epidemiologia e Saúde Pública da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), Marco Akerman, abordou o tema “Políticas, Planejamento e Gestão e Saúde” e destacou a importância de considerar diferentes fatores no momento de elaborar políticas direcionadas à saúde.

 

“Intervenções e mudanças em outros setores muitas vezes interferem diretamente na saúde, por isso é preciso fazer uma avaliação de forma ampla, considerando diversos aspectos. Políticas de saúde não se restringem apenas à Secretaria de Saúde”, afirmou.

 

O professor apresentou ainda informações acerca dos sistemas de saúde do Brasil e de outros países do mundo, abordando suas semelhanças e diferenças, como o acesso da população aos serviços e a forma como eles são oferecidos, e também discorreu sobre a judicialização da saúde.

 

“A judicialização da saúde nunca vai acabar, mas podemos reduzi-la. Para isso, cada vez mais juízes precisam conhecer os pontos de vista dos gestores e os gestores, dos juízes. Esse diálogo é importante para auxiliar nas tomadas de decisão”, ressaltou.

 

O professor doutor em Saúde Pública da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Julio Müller Neto, ministrou palestra sobre o Sistema Único de Saúde (SUS), utilizado por mais de 90% da população brasileira.

 

“O SUS quase sempre aparece na mídia com uma abordagem negativa e isso passa a ideia de que se trata de um sistema ruim, o que não é verdade. Há, sim, muitos problemas e hoje o SUS enfrenta sérias dificuldades, inclusive de financiamento, mas também há muita coisa boa. O sistema trouxe concepções e práticas inovadoras e atende mais de 163 milhões de brasileiros”, frisou.

 

Julio Müller Neto também chamou a atenção para a necessidade de os gestores públicos se atentarem às verdadeiras prioridades no momento de elaboração de políticas públicas voltadas à saúde.

 

O próximo curso de capacitação ofertado pela AGGEMT aos Gestores Governamentais que atuam em Mato Grosso ocorrerá no dia 30 de novembro e abordará o tema “Finanças Públicas em Mato Grosso”.

 

 

Ler 26 vezes Última modificação em Segunda, 03 Dezembro 2018 11:17

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: