Quinta, 16 Março 2017 10:01

AGGEMT e Rede Feminina promovem ação para pacientes com câncer

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

 

RENATA NEVES
Assessoria AGGEMT



A Associação de Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) e a Rede Feminina de Combate ao Câncer realizaram, nesta segunda-feira (13), um café-da-manhã para pacientes do Hospital de Câncer de Mato Grosso.

 

Durante toda a manhã, voluntárias da AGGEMT e da Rede Feminina distribuíram kits com salgadinhos e sucos, além de lenços dos mais diversos modelos e cores, com o objetivo de resgatar a autoestima de mulheres que perderam os cabelos durante o tratamento contra o câncer. Também foram realizadas apresentações de músicas tradicionais e oficinas de amarrações de lenços e maquiagem.

 

A ação integra a campanha “Lenços e Laços” e faz parte das comemorações do mês da mulher.

 

“É com muita alegria que a AGGEMT está contribuindo com essa campanha tão bonita. Em apenas poucos dias, muitos associados se mobilizaram e ajudaram com doações em dinheiro para a montagem dos kits e também doações de lenços para distribuirmos às mulheres. Fazer o bem faz bem a nós mesmos, por isso estamos felizes em proporcionar esse momento aos pacientes que estão lutando contra o câncer”, declarou a diretora administrativa-financeira da AGGEMT, Andréia Caldas.

 

A montagem dos kits para o café-da-manhã foi organizada pela AGGEMT, enquanto a arrecadação dos lenços contou com a contribuição da Associação, da Rede Feminina e de diversos outros parceiros, como as faculdades de medicina da Universidade de Cuiabá (UNIC) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e o Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT). A união de forças possibilitou a confecção de 150 kits e a arrecadação de 500 lenços.

 

“A campanha ‘Lenços e Laços’ foi idealizada por acadêmicos de medicina da Unic e abraçada pela Rede Feminina com o objetivo de dar apoio e levar esperança e alegria às pacientes que estão lutando contra o câncer. Queremos mostrar a elas que isso é só uma fase e ajudá-las a passar por ela da melhor maneira possível. Essa é a terceira edição da campanha e cada vez conquistamos mais parceiros, como a AGGEMT. Toda ajuda é necessária e muito bem-vinda”, afirmou a presidente da Rede Feminina, Maria Carmen Volpato.

 

Elineide Ribeiro Maranhão recebeu o diagnóstico de câncer de mama no ano passado. Após a cirurgia para retirada do tumor, deu início às sessões de quimioterapia e agora aguarda uma resposta do médico quanto à necessidade de se submeter a sessões de radioterapia.

 

Vaidosa, sempre cuidou muito do seu cabelo e ficou triste ao perdê-lo após a primeira sessão de quimioterapia. Para superar a perda, aprendeu a usar lenços. Durante a ação, ela ganhou mais um para a sua coleção.

 

“Eu comecei a usar lenço porque fiquei com vergonha de sair na rua careca. Eu não sabia usar, mas fui aprendendo com o tempo e hoje não fico sem”, relatou.

 

A tristeza pela dificuldade em enfrentar a doença, que ela prefere chamar de “condição temporária”, é amenizada com ações como a que foi realizada hoje no Hospital de Câncer.

 

“Isso é muito importante. Ajuda muito as pessoas, pois nem todas ficam fortes diante dessa situação. Algumas se abalam muito e ações como essa ajudam na recuperação da nossa autoestima. Achei o gesto dos voluntários muito bonito”, disse.

 

Ligia Mara Vitoy também descobriu que tinha câncer de mama no ano passado, mas, ao contrário de Elineide, resolveu assumir a “careca linda”.

 

“Antes de o meu cabelo começar cair eu mesma raspei e assumi a ‘careca linda’. Para mim foi fácil, mas a maioria das pessoas tem dificuldade de assumir a careca, principalmente as mulheres”, ressaltou.

 

Embora tenha assumido a falta de cabelo, Ligia também é adepta dos lenços. Por isso, destaca a importância de ações focadas no resgate da autoestima.

 

“Eu gosto de usar lenços de vez em quando e também brincos grandes e outros adereços que me valorizam. Aos poucos, fui aprendendo a esquecer a falta do cabelo e focar em outras coisas. Mas, no geral, a perda do cabelo faz com que a mulher fique triste, deprimida e o lenço ajuda muito, pois ao mesmo tempo em que cobre a cabeça, ajuda a embelezá-la”, frisou.

 

Ler 85 vezes Última modificação em Quinta, 16 Março 2017 20:37

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: