Segunda, 12 Junho 2017 14:56

Economia criativa a serviço do estado

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Práticas de Economia Criativa aplicadas no evento “Vem Pra Arena” têm gerado economia aos cofres de MT e fortalecido comerciantes regionais.

 

RENATA NEVES

Assessoria AGGEMT

 

A aplicação eficiente dos conceitos de Economia Criativa durante realização do já tradicional evento mato-grossense Vem Pra Arena tem gerado resultados positivos ao Governo do Estado e também a comerciantes regionais.

 

Além dos shows e das atividades culturais, a feira gastronômica sempre foi uma atração à parte para as famílias que comparecem ao evento, no entanto sua organização gerava custos ao estado. Durante a 9ª edição do Vem Pra Arena, realizada em maio, um conjunto de iniciativas inovadoras foi colocado em prática e resultou em economia aos cofres públicos, sem afetar os preços e a qualidade dos alimentos vendidos à população.

 

Uma parceria foi firmada com os food trucks Barba, Grelha e Bigode e Cozinha dos Fundos, que assumiram os custos para organização, estruturação e limpeza da feira gastronômica. Em contrapartida, obtiveram a curadoria da feira.

 

A gestora governamental e superintendente de Economia Criativa da Secretaria de Estado de Cultura, Luana Gattass e Silva, explicou que a consolidação da parceria é fruto da força e credibilidade do evento.

 

“O Vem Pra Arena já é uma marca. Cada edição reúne aproximadamente 20 mil pessoas, uma quantidade considerável, que não é alcançada facilmente nos dias de hoje. Com essa visão e consciência do viés econômico do evento, procuramos os empresários dos food trucks e sugerimos a parceria, deixando claro a nossa exigência de manutenção da qualidade, diversidade e preço acessível dos produtos vendidos. Com isso, o estado não gastou nada para realização da feira gastronômica”, disse.

 

Mundo Criativo

 

A feira gastronômica se uniu às artes e tecnologias no espaço “Mundo Criativo”, dedicado especialmente à Economia Criativa. A ação foi realizada em regime de mútua cooperação pela Associação Casa de Guimarães e contou com a participação do Projeto Bulixo, que visa valorizar o artesanato regional, e do Instituto Jovem Empreendedor, que exibiu tecnologia e inovação com impressora 3D, caneta virtual, games, drone e óculos de realidade virtual.

 

Integração

 

A última edição do Vem Pra Arena também foi marcada pela inclusão dos comerciantes que atuam no entorno da Arena Pantanal. “Entramos em contato com a associação dos comerciantes da Arena Pantanal e disponibilizamos espaços para que eles estivessem presentes nos dois dias do evento. Essa aproximação é positiva e contribui para o fortalecimento desses trabalhadores”, ressaltou Luana.

 

Além de integrá-los ao evento, a Secretaria de Estado de Cultura também promoverá um ciclo de encontros, em parceria com o Sebrae, visando orientá-los sobre boas práticas gastronômica e os benefícios da atividade associativa. “Tudo isso será feito sem custo para o estado e para os associados. Somente por meio de parcerias”, acrescentou a gestora.

 

Fotos: Gcom-MT


Ler 57 vezes Última modificação em Terça, 04 Julho 2017 11:00

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: