Sexta, 18 Agosto 2017 10:46

Gestores Governamentais integram Conselho Estadual de Turismo

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Os membros do conselho foram empossados pelo governador Pedro Taques no dia 12 de agosto.

 

RENATA NEVES

Assessoria AGGEMT

 

Gestores Governamentais que atuam nas Secretarias Estaduais de Cultura, Trabalho e Assistência Social e no Núcleo de Assuntos Internacionais do Governo do Estado integram o Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Cedtur).

 

Com caráter consultivo, propositivo e deliberativo, o conselho atende uma das principais demandas do setor, que há anos reivindicava o direito a participar de forma mais direta das decisões de governo. A posse de seus membros foi realizada na semana passada, na sede da Câmara de Dirigentes Logistas, em Cuiabá.

 

O Cedtur é vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e presidido pelo secretário da Pasta. Sua composição conta com 20 conselheiros, sendo 10 representantes do Poder Público e 10 representantes da Sociedade Civil Organizada.

 

As gestoras governamentais Regiane Berchieli e Luana Gattass e Silva representam a Secretaria de Estado de Cultura no conselho. Regiane é secretária-adjunta de Cultura e Luana atua como superintendente de Economia Criativa.

 

“Os conselhos são os espaços da democracia participativa, onde o governo pode escutar a população, através dos seus representantes de classe, para que eles tragam as demandas e os anseios dessa sociedade. A cultura e o turismo são temas complementares. Um turista vai para uma localidade não só pelas belezas naturais, mas ele também quer conhecer a sua cultura, quer saber da gastronomia, das tradições, das danças, então são duas pastas que devem andar sempre muito integradas”, afirma Regiane.

 

Representando a Secretaria de Trabalho e Assistência Social, o gestor governamental Demárcio Guimarães destaca a importância do conselho para definição de políticas públicas que visam fomentar as atividades turísticas e culturais, promovendo a geração de emprego e contribuindo de forma direta para a inclusão social.

 

“Temos vários projetos desenvolvidos pela Setas que podem ser incluídos na pauta de discussões, como o programa de qualificação destinado a pessoas de baixa renda. Por meio do programa, podemos preparar trabalhadores para atuarem no mercado do turismo e da cultura, que sempre carecem de mão-de-obra qualificada”, observa.

 

Turismo Internacional

 

A gestora governamental e assessora de assuntos internacionais do Governo do Estado, Rita Chiletto, também ocupa uma das cadeiras do conselho e afirma que o órgão será importante para elaboração, acompanhamento e realização de ações para desenvolver o turismo internacional em Mato Grosso.

 

Segundo ela, o estado já deu importantes passos no que se refere à articulação com países da América do Sul, como a operação de voos para a Bolívia, que deve ser iniciada em breve, e tem outras ações em vista.

 

“Temos enormes perspectivas de integração com a Bolívia, Chile, Peru e Argentina via rotas aéreas. Por via terrestre, o Governo do Estado vem tentando, junto ao governo da Bolívia, pavimentar 315 km de estrada que liga San Matias a San Ignácio. A criação desse conselho é muito importante, sobretudo neste momento, pois a partir de agora ele poderá acompanhar as ações que já estão em curso e também traçar outras para orientar o governo de na implementação de atividades turísticas”, avalia.

 

Rita destaca ainda o potencial turístico de Mato Grosso e a importância da elaboração de políticas públicas visando a prática sustentável da atividade.

 

“Observando outros países do mundo, vemos o quanto o turismo impacta suas receitas. Mato Grosso é um estado que possui 3 biomas e tem um potencial enorme, que precisa ser desenvolvido de forma sustentável. Uma prática de turismo sustentável é extremamente benéfica, ao mesmo tempo que  garante os rendimentos econômicos necessários”.

 

Cedtur

 

O Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo tem como principais atribuições estimular a promoção e divulgação do potencial e destinos turísticos do Estado de Mato Grosso em âmbito nacional e internacional; auxiliar, estimular, promover as ações públicas ou privadas para o desenvolvimento do turismo no Estado e promover a interação e integração entre o Poder Público, a Sociedade Civil Organizada e a população mato-grossense.

 

Dentre os assuntos prioritários a serem tratados pelo conselho estão a criação de um fundo estadual para o setor, a implantação de câmaras temáticas e a definição de ações visando a melhoria da infraestrutura de turismo em Mato Grosso e a promoção e divulgação do turismo no estado.

 

 

Ler 82 vezes Última modificação em Sexta, 18 Agosto 2017 18:12

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: