Sábado, 04 Março 2017 00:00

Projeto oferta serviços a cidadãos de Mato Grosso

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Mais de 11 mil cirurgias oftalmológicas e 85 mil serviços de cidadania já foram realizados em Mato Grosso durante a “Caravana da Transformação”. O projeto é de autoria do Governo do Estado e conta com a contribuição de diversos parceiros. 

 

As quatro edições realizadas até o momento aconteceram nas cidades de Barra do Bugres, Peixoto de Azevedo, Canarana e Jaciara e já atendeu moradores de 69 municípios do estado além de diversos outros que apresentaram demanda espontânea. No total, foram realizados 135.882 procedimentos, dentre os quais 24.892 consultas, 11.459 cirurgias (catarata, pterígio, yag laser e outras) e 6.866 procedimentos odontológicos, além de 85.110 atendimentos de cidadania. Com a realização da quinta edição no município de São José dos Quatro Marcos, a previsão é que o número de cirurgias oftalmológicas chegue a 14 mil.

 

A Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) participa da coordenação do projeto através da equipe do Escritório de Projetos (EGP MT). O trabalho do EGP contempla prospecção do município-sede e da região atendida, coordenação da elaboração do layout do evento e distribuição dos serviços, definição de estrutura, fluxo de pessoas, articulação junto aos órgãos e parceiros, recepção e planejamento do atendimento dos municípios da regional de saúde, acompanhamento pós-operatório e suporte necessário aos serviços de saúde, elaboração do plano de comunicação e monitoramento dos dados da caravana.

 

“A atuação do EGP consiste também em integrar os diversos planos elaborados pelos parceiros da Caravana da Transformação, pois cada um elabora um plano de tempo, custos, comunicação, recursos e de escopo que deve compor o projeto. Após essa integração deve ser elaborado um plano de riscos e um plano de contingência a ser aplicado, se necessário, durante a execução do projeto”, explica o gestor governamental William de Almeida, que integra a equipe de coordenação executiva da Caravana da Transformação.

 

Segundo ele, o projeto da caravana surgiu após a constatação de uma grande demanda reprimida e oculta relacionada a serviços de oftalmologia no estado. A esse projeto foi incorporada a experiência das Ações Integradas de Cidadania, realizada pela Secretaria de Trabalho e Assistência Social, que se tornou um dos eixos da Caravana.

 

“Existe uma concentração de oftalmologistas na Capital e não há dados precisos sobre a quantidade de pessoas na lista de espera por procedimentos oftalmológicos no estado. Diante da necessidade de reduzir essa demanda, buscamos conhecer projetos realizados em outros estados que poderiam servir como referência”, relata.

 

Os serviços de saúde oferecidos na Caravana seguem todas as normas de segurança e são monitorados pela equipe da Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde, em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal.

 

Os atendimentos oftalmológicos correspondem à realização de consultas, exames e cirurgias (catarata, pterígio, Yag Laser e outras) e o suporte aos pacientes é mantido mesmo após a saída da Caravana do município.

 

“O trabalho que envolve a realização da Caravana da Transformação é grandioso e não se limita aos dias em que a equipe está no município. Antes de dar início ao projeto, fazemos uma visita técnica para avaliação da cidade sede em relação a demanda reprimida, espaço disponível, estrutura de saúde, logística de transporte e disponibilização de alojamentos dentre outros. Depois que a caravana deixa o local, os pacientes continuam tendo acesso a todo suporte médico para acompanhamento do pós-operatório”, explica William.

 

Já os serviços de cidadania ofertados pelo projeto incluem emissão de primeira e segunda via de RG e CPF; segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito; carteira de pescador amador; Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos e carteira de trabalho.

 

Cada edição do projeto conta com a participação de mais de 300 servidores de diversos órgãos e secretarias do estado, além de dezenas de voluntários mobilizados com a parceria dos municípios e de entidades da sociedade civil organizada.

 

 

RENATA NEVES

Assessoria AGGEMT

Ler 551 vezes Última modificação em Quinta, 16 Março 2017 14:00

Parceiros

Banner 1
Banner 2
Banner 3
Banner 4
Banner 5
   
: